1 de jul de 2016

O Azul da Rebeldia e o Branco da Sabedoria

Estaria errado se dissesse que preferia não ter a conhecido, por que se não, logo tudo o que eu falarei não faria o menor sentido.

Se existe alguma mulher que me importa é Carola, ela sim é minha rainha, usurpou outros tronos e roubou meu amor. Mesmo roubado me conquistou.
Foi deus.
Como então sua antecessora se tornou uma pessoa tao baixa e previsível, desprezível e detestável.
-R.I.P. Jane - 2014.
-Jane... Ela era bem melhor e maior que isso. As vias se encaixaram e entendi por que as coisas nunca davam certo para nós dois. Ainda me parte o coração as lembranças, elas me perturbam e acho que errei, por vezes acho que fiz certo e nessa lenga, lenga o meu sentimento por ela ligava e desligava, como um interruptor velho que estala ao se mover.
Sabe Ka...
Gosto tanto, tanto, tanto de mim agora e do que aprendi nesse tempo passando por isso, que se voltasse no tempo faria tudo igual.
Eu tenho em mente o seguinte... Se a pessoa quer mudar algo no seu passado, ela não se orgulha de quem é hoje.
Cada um sabe a consequência de cada tropeço no seu destino.Se tivesse ficado com Jane, ainda eu seria como um amigo babaca, e provavelmente a teria traído se transformando em guerra sentimental e sabe lá onde e o que estaria fazendo neste momento, mas creio que não seria nada de bom quanto escrever esse exarticulo.
Ficar com a Carola, reinar com ela, perder um filho com ela e brigar com ela. Tudo me fez evoluir
Ficar responsável, mais sensível, mais duro, ríspido e rude quando preciso, ser direto, como sustentar uma casa, passar perrengue, comprar móveis e imóveis, pagar contas, levar a mulher grávida pro hospital, garantir que não lhe falte nada e Que não se falte também.
No fim das contas Ka...
Essa história não teve um fim em uma mesa de bar com lembranças do passado, ou recheadas de gargalhadas em cima de uma cama de motel aos beijos e abraços, olhares maliciosos, cheios de desejos. Essa historia acabou mal por que começou errado, eu paguei, por tudo, e ela também pagou.
O fim não foi bonito não foi uma escultura. Foram dois ex amantes se surrando com palavras rudes até não sobrar nada e cada um ter a certeza de que o outro não existe mais, nem mesmo o coração em questão ainda sangrava pois não se encontrava mais no peito, ele se encontrava na mão do outro, sufocado por uma mão que já nem o sentia ali presente.
Pois e aqui que se acaba o testamento, Rody e Jane. Eu sem meu topete e ela sem seus longos cabelos negros. O fim de uma história truculenta que se virasse um filme...(talvez uma serie seria melhor.)
Seria campeão de bilheteria.
Seu azul não significa nada, um vestígio do seu vazio tentando ter cor, eu e meus brancos tão originais quanto meu amadurecimento ridículo e superficial.
Eu queria terminar a história com aquela foto enigmática, que ela nuca me passou, mas posso fazer pior e terminar de maneira mais triste, Assim como ela falou.
"Aceite é assim que eu sou agora!"

Agradecimentos a Karene S. D.