29 de mai de 2014

Desintegração

Oh eu sinto falta do beijo da traição
O beijo dolorido antes de eu alimentar
O mau cheiro de um amor por carne mais jovem
E o som que faz
Quando corta fundo
O levantar de joelhos dobrados
O vício da duplicidade
Pouco a pouco começa a necessidade
De apenas deixar pra lá
Meu pedaço partido

Mas eu nunca disse que ficaria até o fim
Então eu deixo você com bebês e esperando por repetição
Gritando assim na esperança do sigilo
Me gritando mais e mais e mais
Eu deixo você com fotografias
Fotos de trapaça
Manchas no tapete e
Manchas no cenário
Canções sobre felicidade murmurada em sonhos
Quando nós dois sabemos
Como o fim seria...

Então tudo volta para destruir tudo de novo
Destruíndo como eu fosse feito de vidro de novo
Consertando todo nas minhas costas novamente
Segurando meu fôlego pelomedo de dormir de novo
Sustentando-o sobre minha cabeça de novo
Corte profundamente para o coração de um osso novamente
Rodando, rodando, rodando
Está se separando de novo
Outra vez

Agora que sei que estou em pedaços
Eu vou retirar meu coração
E eu vou alimenta-lo para qualquer um
Chorando por simpatia
Crocodilos choram pelo amor da multidão
E os 3 ânimos de todo mundo
Escoa pelo céu
Através do vidro do céu
Através da céu da sua boca
Através da boca do seu olho
Através do olho da agulha
É mais fácil para mim ficar mais perto do céu
Que me sentir inteiro de novo