16 de fev de 2014

Mais um dia de horror

Mais um dia de sol onde não se pode mais andar sem uma garrafinha de água completamente congelada a noite inteira na geladeira, bem na parte mais gostosa do congelador.
Acordo cedo todo pregando suor, olho no relógio, se passou uma hora do programado, que horror chegar atrasado a aula, isso é mais assustador que meus alunos me verem todo amassado do ônibus, não demora muito para chegar a diretora e me puxar a orelha, pois é, essa realidade não é só minha, é nossa!.
Logo mais tarde tenho de enfrentar mais um ônibus cheio, a diferença desse é que ele é tipo montanha russa em chamas, quando então percebemos a manobra do velho motorista para fazer uma rota alternativa, ninguém entendeu, ficou todo mundo assombrado, mas era só um acidente mais a frente. que horror vou chegar atrasado novamente, o velho motorista não foi o único que teve a ideia do caminho alternativo e isso ferrou mais ainda, mais uma hora parado.
 Apesar do calor desértico o dia estava gostoso, a iluminação do astro-rei, nas folhas cegas e selvagens do Pinel, escutando meu som, ah! que dia horrível para estar de preto e manga longa, jeans, adoraria estar sem camisa e apesar de não gostar muito de bermudas, abriria uma exceção, chego na sala e o professor me encara, tenho que fazer aquela cara de, ''não tive um bom dia'', só de mentirinha pois ele nem começou...
Me sento e não sei o quele passa, vou pegar meu livro e me desligar dessa realidade, quem precisa saber de quantas tomadas colocar na cozinha, o que é VA? faltei na ultima aula, que porra, o gelo na água, havia derretido, coloco meus anéis na mesa, tiro o celular e também coloco á mesa junto com minha carteira e chaves, armas indispensáveis de guerra do mundo masculino, esqueça uma delas e você vai sofrer o dia inteiro. Mas o professor não cansa, não cansa dos cálculos ainda falando das tomadas de uso geral, o que é TUG?, sou mais me ligar nos pensamentos leves e olhar a janela, ver o vento bater com força empurrando as cortinas, pobres ventiladores, seus sonhos são quais mesmo? ah... sabe se lá, todo mundo com cara de surdo outros nem tanto, quando olho a moça do "all-star" vermelho, essa ja sabem quantos se a tomada aguenta 100VA ou 10A... mas amanhã eles esquecem, os movimentos das plantas que é uma mistura tão sexy do sol e as arvores que dançam, sob o efeito do vento que ameniza o calor desse astro-rei, neste dia fora do páreo.
Já sinto minhas costas, queria ir para baixo daquela arvore, cantar alto na rua, quando não tem ninguém por perto ou apenas... deixa pra lá, fui, aqui não aguento, beijo e me liga!.