25 de jun de 2017

Escrevendo meus novos mandamentos

Reparei de forma diferente, de forma surpreendente tive o prazer de saber o que é se apaixonar tão intensamente mais uma vez, de voltar a ver coisas tão simples em formas complexas, apesar da tempestade em mim, aquela calma no olhar, a sensação de ter algum proposito. O que me tira do eixo padrão, que me faz descer o escalão profundamente escuro de onde habitava, onde fui iluminado e chamado para entrar em ação de novo, por que o amor tem dessas coisas e a paixão... bom ela complica, entretanto é bem por ai que começa.
Pela manhã sentia seu descanso ao som de Jorge Aragão, que lentamente tecia as palavras que que queria te dizer tão docemente, um doce que nunca mais vi em mim e em nenhuma atitude da minha pessoa. A condição agora depois de colocar as cartas na mesa é se acalmar. Ao som de "Purple Rain" pude entender a bagunça romântica que agora existe, como se essa melodia doce pudesse dar forma aos meus desejos e intenções, melodia docemente intensa, uma voz forte parecendo representar os desejos, e cada acorde do solo um orgasmo diferente. agora mais maduro posso dizer, talvez esteja próximo de encontrar uma coisa que sempre procurei. O destino é engraçado, eu me sinto tão diferente tão renascido, agora eu espero você com minhas palavras tortas, que mal posso ver suas imagens, apenas seus sorrisos em fotos já fazem tudo  encher de cor. Preciso parar de dar tons e cores e ajustar de vez uma forma. Um final feliz pra toda essa lamuria emocional...
Precisei renascer em mim...