19 de set de 2016

Mais coisas sem sentido de um sentimento acabado


Antes gostava mais da minha escrita. Eu sofria de amor, eu era ferido e hoje eu é quem seguro a espada, talvez isso tenha me desacelerado, tenha amarrado minhas mãos, pois quando eu sentia de verdade era todo dia alguns versos. 
Por que me engano? E crio ligações inexistentes por que finjo amar sendo que o peito pede mais. Bom pelo menos quando eu sofria eu gostava mais de mim, era tão mais inteiro e menos complexo eu a caneta e coração partido, e agora o que faco com todo esse carinho toda essa sensação falsa. E melhor sofrer completo do que fingir um coração completo. Nunca senti tanta do de mim e saudade do que eu era. E em um belo dia ela sorriu e me largou, eu nem sei mais seu telefone, e desse sonho também acordei. Ainda estou parado no mesmo lugar onde me deixei.