12 de mai de 2014

Aos Olhos de Criança

Não quero mais essa monótona melancolia, disso já tenho demais, quero ver o mundo com os olhos de criança novamente. Sim, aquele olhar que em tudo é simples, voltar a ser simples falar coisas simples sentir coisas simples, deixar palavras difíceis para lá, pessoas difíceis para lá, tudo já é muito complicado, em uma dessas agente fica louco, então vou pisar no freio e amar como uma criança, porém jamais encarar o amor com infantilidade, tudo simples e sincero, pois essa escravidão eterna do mundo complexo por nós mesmos me deixou muito cansado.
Beijo Me liga!