30 de mai de 2014

Sick

Now that I'm alone, sim estou só, engraçado quando agente entra pela porta de trás da vida dos outros, e sai pela da frente. por que você saiu pela minha?
Vejo um futuro tão borrado mas ainda existe uma luz, mesmo que seja a da sua sombra na minha cama até as 4 da manhã, ou ficar em um parque até tarde. Só vejo em meu coração uma entonação tão avermelhada de vermelho batom, acho q meu romantismo voltou, mas tenho que deixar vocês irem para minha sanidade e respeito.

29 de mai de 2014

Espelho espelho meu

Em uma tarde onde o sol batia através da janela do ônibus em meu rosto calado, me lembro quando a vida era mais simples. Agora depois de mais velho agente fica com medo da morte e muitos nem sabem o que esperar, saudades das brincadeiras, hoje todo mundo é inimigo, não podemos confiar em ninguém, vivemos nos defendendo, por que?
 De repente, me olhei no Espelho e me vi caindo não sei o que sinto por mim não sei se me desesperei, quando me vi caindo não era mais eu, não sei se vou levantar, e parado do outro lado vendo meu reflexo cair sem saber ao menos o que ele mesmo podia estar sentindo. Dor, Angustia, Amor, Arrependimento o que me fez cair e morrer? Nem eu mesmo sei.

Desintegração

Oh eu sinto falta do beijo da traição
O beijo dolorido antes de eu alimentar
O mau cheiro de um amor por carne mais jovem
E o som que faz
Quando corta fundo
O levantar de joelhos dobrados
O vício da duplicidade
Pouco a pouco começa a necessidade
De apenas deixar pra lá
Meu pedaço partido

Mas eu nunca disse que ficaria até o fim
Então eu deixo você com bebês e esperando por repetição
Gritando assim na esperança do sigilo
Me gritando mais e mais e mais
Eu deixo você com fotografias
Fotos de trapaça
Manchas no tapete e
Manchas no cenário
Canções sobre felicidade murmurada em sonhos
Quando nós dois sabemos
Como o fim seria...

Então tudo volta para destruir tudo de novo
Destruíndo como eu fosse feito de vidro de novo
Consertando todo nas minhas costas novamente
Segurando meu fôlego pelomedo de dormir de novo
Sustentando-o sobre minha cabeça de novo
Corte profundamente para o coração de um osso novamente
Rodando, rodando, rodando
Está se separando de novo
Outra vez

Agora que sei que estou em pedaços
Eu vou retirar meu coração
E eu vou alimenta-lo para qualquer um
Chorando por simpatia
Crocodilos choram pelo amor da multidão
E os 3 ânimos de todo mundo
Escoa pelo céu
Através do vidro do céu
Através da céu da sua boca
Através da boca do seu olho
Através do olho da agulha
É mais fácil para mim ficar mais perto do céu
Que me sentir inteiro de novo

24 de mai de 2014

Sabe esse abismo...

Me lembro de quando eu era igualzinho a você...
quando achava que a solidão era algo de extrema importância... que nada é apenas uma fase depois você começa a entender a vida e percebe que é tudo fase, por saber que você é uma versão minha sei até onde você aguenta, não que esteja te testando pois eu odeio surpresas mas não gosto de prever, calma.
Eu me acomodei e me perdi, como posso te encontrar se estou perdido, mas estou quase lá...

O Caminhão

Em um ser que andava recebendo na cabeça uma garoa fina em pleno sábado de manhã, pensava em se decidir logo quando um enorme caminhão cheio de barro nas rodas o ultrapassa rapidamente lhe sujando todo de barro, mas ainda com isso ele sentiu o perfume de alguém, logo abriu um sorriso e entendeu aonde realmente pertencia, e pensou que logo estaria perto do que desejava.

20 de mai de 2014

Me perdi?

Aonde parei que não me encontro mais? Será que me diferenciei de mim mesmo em... sei lá quando mesmo que fiquei diferente de mim mesmo sei que foi em 2011 mas em que ponto? Parece algo como uma curva ou uma subida, ou uma queda.
Já não estudo mais, não escrevo como antes, nem ao menos me comporto como deveria, como um trem descarrilado ainda andando sobre o chão arenoso, e o que implica é a velocidade, vejo tudo e todos a me passar, me sinto velho, e em um cubo de onde não posso sair. Não como aqueles cubos escuros e coisa e tal, não, algo como uma caixa iluminada com uma janela e udo personalizado ao meu gosto.
Quem amo? O que é amar alguém? Não Consigo fazer escolhas, acho que arrancaram meu chip Xeno, ou meu chip Matrix, ando esse tempo todo bloqueado então.
Dizem que busco a musica perfeita, o sucesso, todas as mulheres que quero, mas o que realmente busco nada mais é que a paz em espirito, poder voltar ao normal, estar com alguém que eu tenha um relacionamento normal, ser focado em algo fixo, pois nunca sei o que quero e nem onde chegar...
E também não sei onde quis chegar com isso tudo, a você, meus pêsames por esse texto mais ou menos... alias eu desculpo você por terem uma vida normal. Até o mais breve possível.
E você que me quer, vem logo por que não posso esperar tanto.

19 de mai de 2014

A Gente Nem Ficou


A gente nem ficou
Mesmo assim eu não tiro você da cabeça
O pouco que durou
Nosso encontro me faz duvidar
Que um dia eu te esqueça

Sei que pra nós dois o romance é
Coisa delicada demais
Não dá pra esquecer o que vivemos
Antes um com o outro

Bem melhor a gente deixar rolar
Se entregar
Ver o fogo que apagou
Queimar de novo

E aí quando vem me ver
Tô aqui esperando você
E nem dormi a noite já passou
Não consigo mais me dominar
Você me enfeitiçou
E a gente nem ficou

Olha o que me causou

E a gente nem ficou

E a gente nem ficou
Mesmo assim eu não tiro você da cabeça
E o pouco que durou
Nosso encontro me faz duvidar
Que um dia eu te esqueça

Sei que pra nós dois o romance é
Coisa delicada demais
Não dá pra esquecer o que vivemos
Antes um com o outro

Bem melhor a gente deixar rolar
Se entregar
Ver o fogo que apagou
Queimar de novo

E aí quando vem me ver
Tô aqui esperando você
E nem dormi a noite já passou

Não consigo mais me dominar
Você me enfeitiçou

E aí quando vem me ver
Tô aqui esperando você
E nem dormi a noite já passou
Não consigo mais me dominar
Você me enfeitiçou

E a gente nem ficou
E olha o que me causou

17 de mai de 2014

Sayonara Bye Bye


Adeus Adeus Adeus


O vento silencioso e cortante sopra bondosamente
Sobre o coração que deveria desistir (do amor)
E o pôr-do-sol de sempre envolve e separa as mãos
Que se encontraram e se apertaram.É engraçado, não é? Meu sorriso e o seu
Não se parecem nem um pouco,
Mas agora, sinto-me como se estivesse me olhando no espelho.

Eu não vou ficar triste, eu não me importo
Neste cumprimento distraído se esconde um "Obrigado?
Adeus, byebye, passe bem!
Fui eu quem começou a briga, por favor aceite!!!

Até agora há pouco, eu não falava sério sobre o futuro
quanto mais a quantidade de pensamentos inúteis aumentava, Cada vez eu ia ficando mais bondoso,
Mas só agora, quis ficar um pouco mais bravo...

Eu não vou ficar triste, eu já estou indo
Achando que era apenas um cumprimento tolo, Eu olho para trás.
Adeus, byebye, passe bem
Eu vou aceitar, se forem dois cartões-postais em um ano...

Certamente algum dia, algum dia lhe encontrarei
Tudo bem, não precisa devolver, Nem o CD nem o "Blues Harp"

Eu não vou ficar triste, não fique triste
Não mostre nenhuma cara de susto, fique feliz!
Adeus, byebye, passe bem
Gostaria que nos encontrássemos Quando for uma hora de dizer ?parabéns?

Eu não vou ficar triste, eu não me importo
Neste cumprimento distraído se esconde um "Obrigado?
Adeus, byebye, passe bem!
Fui eu quem começou a briga, por favor aceite!!!

Adeus, byebye, passe bem
Eu vou aceitar, se forem dois cartões-postais em um ano...

Adeus, byebye, passe bem!
Fui eu quem começou a briga, por favor aceite!!!

16 de mai de 2014

Confissões, Um Outro Caminho...

Comecei desde pequeno a querer ser o herói vingador, me lembro quando assassinaram meu amigo, tinha apenas uns 7 anos de idade, queria de toda forma ser policial para achar quem o matou, e o deixou daquela forma, três tiros no peito estirado na rua de cima na beira de um escadão, fiquei indignado, pois dez minutos antes ele havia brincado de bola comigo e me cumprimentado, o choro da sua esposa ainda soa em minha cabeça naquelas noites mais cinzas de lembranças tristes, não fazia a ideia que o mundo dos adultos era tão difícil de se entender.

Cresci vendo coisas e pessoas serem arrancadas de mim, porem nunca reclamei... Sempre quis ser o herói resgatador de alguma coisa, cresci e isso ainda não mudou, e percebi que nunca vai mudar, sempre estarei lá para correr atras de algo perdido.

Em relação ao amor nunca fui tão distante dessa lógica, era olhar para uma garota e se apaixonar, para sair dizendo que ela era minha namorada. Sinto muita saudade desse tempo em que nunca havia nem beijado ao menos uma garota e ela era minha namorada mesmo que ela não concordasse. já cheguei a ter onze namoradas nessa época, mas enfim todo ano era uma paixão nova de preferência uma que seguiria um ano letivo inteiro na minha presença, outro ponto bom nessa época era a falta de malicia e ciumes, ah como sinto saudades da minha mente inocente.

Todo ano um novo "amor" sou sempre fui e sempre serei um amante incorrigível, a me espelhar nos meus últimos tempos, está tudo inclinando, decisões são mais difíceis, tudo é mais difícil é uma merda... Recentemente conheci uma pessoa brilhante, extremamente brilhante, eu já sou muito complicado e suas complicações também não são poucas, ela realmente meche comigo, mas tenho que fazer escolhas realmente muito difíceis, me disseram que eu era brilhante, já fui chamado de gênio e coisa e tal e gosto de parecer idiota de vez em quando. E falando em parecer idiota toda vez ela me faz ou parecer ou me sentir como um sempre me faltou alguma coisa, estou começando a achar que falta ela, mas tenho um pouco de medo do amor dela, gosto de coisas duradouras, olha que ainda tenho meu Nintendo 64 e meu Super Nintendo, mas meu coração está dividido demais, talvez meu medo me impeça de a ter como minha. Não quero aquelas asas de ilusão, subir alto e depois cair...

Medo, nunca senti medo de amar, porém desta vez sim, o que me traz essa insegurança? Duvida cruel, quero te ter realmente, me lembro daquela vez em que agente conversou a noite toda, sua vida me interessa, estar contigo naquele momentos difíceis que não são poucos, ou posso continuar te desconhecendo e lhe usando como inspiração, as escolhas do mundo não pertencem todas a mim, ate quando?, até logo?, até não te ver nunca mais? ou Te Amo meu amor!?


13 de mai de 2014

Em Nós

Na minha cama se fez perdida
Na minha Vida se fez tudo
Na minha ausência foi infeliz
Na minha falta se fez igual
Na tua cama nunca cheguei
Na tua vida penetrei
Na tua ausência quase fui forte
Na tua falta me fiz perdido
Em nossa cama seria a continuação
Em nossa vida seriamos, apenas
Em nossa ausência nada sobejara
Em separação estaríamos perdidos


12 de mai de 2014

Aos Olhos de Criança

Não quero mais essa monótona melancolia, disso já tenho demais, quero ver o mundo com os olhos de criança novamente. Sim, aquele olhar que em tudo é simples, voltar a ser simples falar coisas simples sentir coisas simples, deixar palavras difíceis para lá, pessoas difíceis para lá, tudo já é muito complicado, em uma dessas agente fica louco, então vou pisar no freio e amar como uma criança, porém jamais encarar o amor com infantilidade, tudo simples e sincero, pois essa escravidão eterna do mundo complexo por nós mesmos me deixou muito cansado.
Beijo Me liga!

8 de mai de 2014

Busca Vazia

Procuro em passos curtos na noite a sombra de alguém. E buscando algo em passos sombrios e distantes, me pego as vezes perdido nestes sentidos desviados da rua onde não levam a lugar nenhum, ouço um choro soluçado de uma jovem... isso ecoa muito mais, é tão triste essa musica, a vida parece tão dormente e sem graça, sexo é algo tão sem sentido, abraços já são secos e com sabor de nada, tudo tão frio e ando com os passos curtos aonde meus pés se cansam e me pergunto frequentemente... O que procuro a noite em bocas vazias e em corpos vazios que nunca me dirão nada de mais?.

7 de mai de 2014

Una Storia

No azul parei nas lembranças dos lençóis,
No rosa pasmo me lembrei da infância,
Dois pontos importantes na vida de um homem.

Deveras

Ando tão cansado, tão cansado mesmo,
te toda a forma, de toda a forma de pessoas
de tantos amores de tantos desamores,
de toda a forma conjunta de toda desunião,
de tanta vontade e até mesmo da falta de vontade,
de querer ser tudo e não ser nada,
de querer, ansiar, desejar e obter,
de não querer de forma alguma mas tendo a vontade de ter,
de querer falar sempre tudo e por fim não dizer nada,
de mim mesmo e até quando não sou eu mesmo,
de ser ou não ser...
digo tudo, não digo nada...
sempre fui assim aos que não me entendem,
sempre serei assim à aqueles que apenas fingem,
e sempre serei inteiro e completo á aquele que me entende por um segundo apenas,
pois esse sim merece meu descanso,
esse ser curioso que consegue me parar por uns instantes...
Que descanse também!