19 de mar de 2014

A Estrela do Show (Respeitável Publico!)

Garota magrela... depois de tanto tempo não é!
Qual a razão de me aparecer agora, depois de meia década...
Qual o motivo que a fez falar com um cara que virou um palhaço só para te ver sorrir próximo de mim.
Sim esse palhaço mesmo que até montou um circo, e iria sempre se aproximando aos poucos do picadeiro por ser muito tímido, montei mesmo um grande circo pra você. Até então reparar que o tipo de palhaço que você preferia era o Coringa, de qualquer forma não mudaria meu Patati que dentro de mim desolado estava, meu pobre circo sem animais nem feras mas cheio de horrores do amor. lhe confesso que esta parte é a mais visitada até hoje, e sabe... você nunca nem me viu como palhaço no centro do picadeiro. agora o circo é bem visitado, e você deseja aparecer em uma noite depois de tanto tempo, você mesmo que nunca sequer botou os pés debaixo da lona, nem mesmo sentou na arquibancada de um circo que foi feito pra você. Jamais o fecharia, nem mesmo quando você decidiu mudar e também não colocaria fogo em tudo.
Agora o circo está virando um espetáculo a cada noite, quase mais visitado as sextas e sabados que o "Ele e Ela" na lapa ás sextas-feiras... Enfim Seja bem Vinda quando quiser, saiba que o show não será para você como antes do fundo eu desejava e sim você será o show, quando os aplausos se virarem para você juntamente com os holofotes, perceberá que o Coringa, que já se foi, jamais te faria a estrela da noite ou o brilho da sua própria vida como o fiz.
E só para lembrar, Não sou mais palhaço por você não, aprendi da forma mais amarga, que enquanto você não ria e se afastava, em volta todos gargalhavam, quando me dei conta você não era mais o motivo do show e sim todos que admiram o simples trabalho de amor desse palhação aqui, beijos, venha quando quiser... até o picadeiro!