13 de fev de 2014

Órbitas

Quem disse que esse lugar é melhor, bate mais vento? o local é baixo, ó retardado, isso é uma merda, horror de sala, onde todos falam mas não dizem nada.
Aqui está horrível, me sinto um planeta fora de órbita, na maioria das vezes neste lugar. Hoje dois garotinhos começaram a discutir em meio a todos, e começaram a se ofender, um chamando o outro de criança, mas os dois mesmos tinham cara de maternal, não passa de 1,60 cada um dos dois.

E me pergunto novamente, não sei se parei de evoluir ou os mesmos pararam de crescer. E você procurando ansiosamente, alguém legal para conversar , ninguém se interessa, por um papo mais cabeça e complexo. é tudo Tão cinza sabe...
Fio buscar algo para minha pessoa comer, por fim só tinha tomado café da manhã que nem chegava perto de ser reforçado, nenhuma garota senta para ao menos conhecer saber quem eu sou, ou ate mesmo se mostrar alguém diante de mim, o que procuro pensar, o que ela procura pensar ou não, os mesmos servem para os garotos, não levando ao lado negro da matéria né!
Ninguém procura orbitar dentro de uma conversa boa, fando ao menos de fraudes, George Orwell, até mesmo Djavan ou Milly Lacombe...
E tem também os que o tentam, entretanto logo saem ofendidos com a minha forma de tratar e falar de certos assuntos que em minha mente são normais, não vejo horrores em falar de ateísmo, ou nem mesmo o volume que falo sobre sexo, se for preciso grito no meio de todos mesmo, tais coisas como seios, tetas, pinto, pau e pênis. Porra palavras são só palavras não é mesmo?.
Entretanto o papel não me abandona isso tenho certeza, e mesmo a caneta não querendo ser tão sociável assim.