26 de dez de 2014

Dissertação ao primogênito

Filho o pai precisa ser sincero, percebo o jeito que você olha os seus amigos na saída da escola quando suas mães vão busca-los as cinco. Filho, isso não significa que não te amamos, mas significa que eu e sua mãe temos grandes diferenças, não que ela não te ame, mas falar em amor para você querido ainda é complicado assim como para mim e sua mae.
Quando a conheci eramos dois apaixonados, filho o tempo passa e as coisas mudam assim como as pessoas, e não fique triste por sua mae não estar aqui por que eu sei que no fundo ela queria. A gente não pode ficar mais juntos filho e espero que você entenda e isso e que não te atrapalhe ou te faca uma pessoa confusa mais pra frente, você pode contar com ela e principalmente comigo, o pai errou a mãe errou também, eramos muito novos e a única coisa que realmente valeu a pena na minha relação com ela foi você, meu filho.
O amor da mamãe pelo papai acabou, e assim ela foi embora e não mora mais com a gente, espero que me entenda filho você é meu grande amor e herói e seu um dia eu ir embora você ira continuar a nossa historia, pois assim e o principio da vida um ciclo cruel onde você cria laços fortes que depois se quebram.
Filho, eu sei que você tem muitas perguntas mas se eu estou agachado e falando nos teus olhos isso tudo, é poque eu tenho culpa na sua dor, qua do não fui fiel e deixei sua mãe partir, ela não esta aqui para mim agora, mas ela sempre estará presente para você. Você realmente se parece comigo, eu não irei me afastar de você pois eu tenho que ser o seu mentor, te dar condição educação e o maximo de conhecimento e compreensão.
Filho saiba que sempre estarei com voce mesmo longe trabalhando e sempre vou te pegar para Cristo quando tu aprontar por que você tem meus olhos e minha cara, mas não minha cabeça, meu melhor amigo, meu irmão e também meu filho.

10 de dez de 2014

A Selvageria e Eu


(toquem e leiam calmamente)


Na calada da escura e insípida noite noite existia um corpo em minha cama, alguns o chamam de eu. 
Um vento gelado assolou meu ombro e ouvi algumas vozes murmurando, logo em seguida alguém me chama suavemente no ouvido dizendo clara e calmamente o meu nome. Abro meus olhos mas não consigo me mover, volto a fechar os olhos e cochilar e brevemente tudo se repete, levanto-me velho as horas. É hora de tomar o banho de benção e bom dia, calado e sonolentamente deixo a água escorrer pelo meu topete que me incomoda logo ao acertar meu olho direito, acabo por fim neste vazio me lembrando de coisas e me pergunto, quem sou e onde quero chegar?
Me troco ainda sonolento me lembrando do chamado, espiritual ou psicológico, religião ou ateísmo. Voltando a encarar o mundo novamente esse dia, saio de casa as cinco da manhã e desço o escadão escuro. Chegando ao ponto de ônibus me vejo sozinho, o frio bate em  meu cabelo úmido. Me vejo em um cenário desconfortável , havia sangue e horror na calçada do lugar todo, rastros por todo o lado daquele sangue, animal ou humano, fiquei inerte seguindo com o olhar aquela selvageria. O que aconteceu? Acho que desta vez não sei nem o que se passa em mim, vou lá eu entender de selvageria. 





Óscar de Otário


Hoje passei em frente a tua casa, aquele lugar onde fiquei muito tempo te esperando para sair, estava cego e comprei seu amor artificial e me deleitei por alguns meses. Tudo falso, seu sorriso, seu ‘te amo’, seu prazer, era somente uma passagem simples, mas como não acredito em passagens rápidas e por fim arrependimento. Arrependo de todo tempo que gastei do seu lado, alguns momentos bons não superam, para vossa senhoria foi tudo lindo e perfeito, porem para mim foi perda de tempo, onde estão seus olhos de atriz amor, quem te fara sorrir? Bem... eu realmente não me importo mais com isso.

29 de nov de 2014

Concreto

É metal e Rock And roll
Embaixo do concreto juntávamos o que restou, uma faísca flamejante de um sentimento ouro, ou o puro ouro de um sentimento que há muito se fazia errante, tudo do mesmo, a água que ao mesmo tempo é vinho, é também o óleo que mistura em meio a água, formando assim o que chamamos de nós, do puro suco em meio a fruto, aquele fruto que a semente fecundou no concreto.
Ainda com tudo inexplicável para ambos, assim agente sempre se vê, e sempre por partes se une e sendo sincero, é tudo reciproco até os termos de fúria mesmo quando soltos e poucos, tentaram filtrar, tentaram desunir e tentamos também, as moléculas de uma mesma existência.
Por falar em existência, os parenteses são muito grandes se tornando sempre a parede desse presídio que nos impede de viver e correr, sem medo de ter um a um, eu e você, você e eu naquela dança de noite, a dança dos lençóis onde a água e o óleo se mistura sem impurezas mundanas, e tudo isso o aço teceu em apenas segundos enquanto a chuva caía.

E sua pessoa corria e eu, eu apenas caminhava...


20 de nov de 2014

Such i Love

Uma paixão mais do que o amor, não tem saída
A minha ou a sua subversiva, e você vê
Posso ir pra casa?

E isso esta claro pra você?
Tão rápido daqui não tenho aonde ir
Cavando sonhos reais

A vida é um constante amor
Eu não sei aonde vou
Todos procuram um ardor,
Aquela Paixãozinha sem sabor

Ninguém sabe onde vai encontrar 
E isso esta claro pra você,
Essa noite eu queria muito mais, 
Não pode vir?

Ainda não está claro para você?
Eu nunca amei de verdade.
Pelos caminhos eu posso te dizer por onde passei

Não me entregue nada, 
Pois não te pedi ainda
Eu olho seu charme vazando pelos seus olhares
Tão útil quando deitas no meu peito e me diz adeus


17 de nov de 2014

Eu sei o que aconteceu

Somos duas pobres almas pervertidas sonhando com o amor, tao rápido, aqui eu sei onde vou e onde iremos, os sonhos são reais e a vida boa, você ainda me segue onde vou, com o brilho dos seu olhar me ofuscando, já não existe mais caminho, temos a chance de provar o amor, pode ver não temos escolha, hoje sonhei com você em casa, isso pode não parecer tao claro pra voce, em vida sempre soube onde iria, e você pode dizer que nunca realmente amou, enquanto durmo o dia todo, em minha vida ninguém fez nada por mim.
Seu charme esta dentro do seu olhar que era tudo que queria olhar e admirar.

3 de nov de 2014

O Segredo do Lençol Laranja


Exausto de ficar a fazer nada, me deito, nesta tarde cinza ao calmo som da chuva, e a cada gota que caia me lembrava um beijo de nossos intensos encontros. Neste instante o céu escuro invadia o lugar, minha pobre semi-paz, meu quarto inteiro. Somente o meu lençolzinho laranja me separava de todo o cinza da chuva, do cinza do mundo, o mesmo lençol que um dia nos uniu no mesmo lugar.

Eu não disse, mas não estou feliz e nem preciso dizer, ouvindo aquela musica senti a tua aura e presença, há tempos que não entramos em contato, o pó surgiu e assim continuou a nos desfazer, os bons dias se fora, e quando eles se vão eu me lembro toda vez dos pequenos detalhes de nós.

Sua presença me cativou, não sei se está viva ou morta, como posso a sentir assim? Ficar contigo era simplesmente como estar em uma plataforma a kilometros de altura, não me odeie por isso.

Não possuiu nenhum abraco, nem ao menos beijo de despedida. da Até saudade daquele seu drama e também de minha pessoa lhe falando para deixar tudo para lá, que a vida e mais que isso, mais que essa cara de emburrada e para não ligar para a tristeza e prometer ser mais feliz.

Me sinto tao feio após tudo ter chegado a nada por fim, e Jesus não quis nem interferir, enquanto eu beijava a sua boca ou dançávamos, já é novembro e são quase seis da tarde no horário de verão e ainda me sinto feio, cá estou deitado no meu lençol que separa meu mundo do seu, agora que a chuva cessou.

31 de out de 2014

Outubro

Salve mãe rainha, que preserva o mar
As vezes Calipso, as vezes a me levar

Em um final de outubro onde vim me banhar
Onde estava vazio e visualizei a me deixar.

onde era tudo, tudo virou nada e assim foi-se
A passar em um leve sopro raso 
acabou outubro, acabou o fim

Venha perante e pergunte a mim,
se temo o que eu fiz ou se fiz o que temo,
eu sinto em breve tenha um fim.

29 de out de 2014

Musica da semana - Me Chama (Lobão)



Chove lá fora
E aqui tá tanto frio
Me dá vontade de saber

Aonde está você?
Me telefona
Me chama! Me chama!
Me chama!

Nem sempre se vê
Lágrima no escuro
Lágrima no escuro
Lágrima!

Tá tudo cinza sem você
Tá tão vazio
E a noite fica
Sem porquê

Aonde está você?
Me telefona
Me chama! Me chama!
Me chama

Nem sempre se vê!
Mágica no absurdo
Mágica no absurdo
Mágica!

Nem sempre se vê!
Lágrima no escuro
Lágrima no escuro
Lágrima!

Nem sempre se vê!
Mágica no absurdo
Mágica no absurdo
Mágica!

Nem sempre se vê!
Lágrima no escuro
Lágrima no escuro
Lágrima!

23 de out de 2014

No Mais... Estou indo embora!


Só você pode me fazer mudar tanto,
Só você menina,
Somente você me fez tanto mal 
Não enxerguei, permiti e aceitei.
Estou partindo pela ultima vez,
Só você pode me impedir, 
O que sinto esta escoando pelo coração,
Assim como a chuva seca, o amor acaba.
Como uma flor mal cuidada este amor sera cortato.
Só você menina...

21 de out de 2014

Balões de Ar

Acabo de ver dois baloes amarrados caindo lentamente em meio as arvores. Como o fim de uma emocionante historia, como o fim de um eterno abraco e muito parecido com o fim de um grande amor. 
Pensaremos por aquele momento em que eles murchavam e caiam lentamente com o contraste do céu cinza da cidade que esta meio frio. Por onde sera que voaram? A que altura e emocoes viveram? Sempre amarrados os baloes em formato de coração, todos roxos.


Meu Grande Amor em 12 horas

Antes de começar o curioso caso do maior amor da minha vida presumo que antes disso não sabia de meus aspectos escondidos, revelados posteriormente dessa noite. Como Desesperantemente jamais a verei novamente, negando assim as buscas. Assim descobri um lado em mim que nego e repreendo, a vigília de um outro grande amor.
Era escuro aquela pequena sala onde treinávamos, assim ela levanta na minha frente com sua pistola me encarando com um olhar indecifrável. -Vamos a praia? Eu lhe pergunto, e já estávamos lá, ela corre em direção a praia, não existia tons coloridos era basicamente tudo cinza, branco e preto sem cores, a praia não ventava é como o baú de Davy Jones, e ela banhava-se e eu logo iria atras.
Apos algum tempo aquela garota branca dos cabelos negros e seus 160 centímetros de altura para inesperadamente na minha frente, que pessoa incrível de grande personalidade, uma mulher rígida, brava e forte, portando uma sensualidade impressionante. Parada a minha frente quase implorando um beijo apenas com o olhar.
todos a desejavam por onde quer que passávamos, ela só tinha olhos para mim, e eu não entendia muito bem, era como se fossemos a mesma pessoa eu sabia o que pensava. Largaria tudo por essa guria que trabalhava comigo. Depois de uma longa noite de amor, voltamos a praia.
Apos o ocorrido acordei, procurei do lado e nada, aquela pessoa que certamente não existe, mas foi o maior amor da minha vida. Se um dia essa pessoa realmente aparacer, com certeza minha vida vai mudar. Sonhar um sonho feliz de amor é sempre positivo. Os sonhos de paixão e amor sempre te dizem que existe o mesmo dentro de ti que ainda não despertou...

11 de out de 2014

It's Not Your Birthday Anymore


Sua voz pode dizer "não"
Mas o coração tem sua vontade própria
Não é mais seu aniversário
Preciso ser cuidadoso com você
E a obrigação de ver você sorrir
E fazer parte agora se foi

Não é mais seu aniversário
Você realmente pensou que nós sentimos
Toda aquela xaropada sentimentalóide
Que nós dissemos?

Isso não pode ser dado
Então isso tem que ser conquistado

Todos os presentes que te deram
Não se comparam de modo algum
Ao amor que estou dando para você

Exatamente aqui e agora, no chão
Todos os presentes que te deram
Não se comparam de modo algum
Ao amor que estou dando para você
Exatamente aqui e agora, no chão

10 de out de 2014

Aquela Casca




Você nunca vai acreditar tanto em mim
Por que você não descobre por si próprio?
Estou doente de coração
É assim que as coisas são
Não desenterre meus erros
Eu sei exatamente quais são eles
E... O que você faz?
Bem... Você só fica sentado aí

Eu tenho sido apunhalado pelas costas
Tantas e tantas vezes
Eu não tenho mais nenhuma pele
Mas é assim que as coisas são

7 de out de 2014

Então me agarre enquanto temos tempo

 Ha um vazio escuro que habita o véu da noite. Em luzes de postes aquelas amarelas, me vejo estranho te abraçando, como se isso não fosse verdade, como se não existisse. O seu perfume me deixa embriagado, enquanto o frio da noite ecoa pela minha pele. Como hoje esta tão fria...
Agora é dia e passo lentamente por aquela ponte onde andamos abraçados e me lembro chegando a sentir o gosto do seu beijo e me perguntando o que aconteceria se nos jogássemos. Como hoje está tão fria.


30 de set de 2014

O Ataque Relampago de Athena

"A felicidade depende de nós mesmos.
Talvez não seja sobre o final feliz, talvez seja sobre a história.
O propósito da vida é uma vida de propósito.
A diferença entre o ordinário e o extraordinário é aquele pequeno extra. Felicidade é uma direção, não o destino.
A vida só é ruim se você torná-la ruim.
Estou esperando para me apaixonar por alguém para quem eu possa abrir meu coração.
A vida é um jogo para todos, mas o amor é o único prêmio.
O amor não é sobre com quem você se enxerga no futuro, é sobre quem você não pode enxergar passando a sua vida sem.
Todos os dias são especiais, então tire o máximo deles. Você pode pegar uma doença terminal amanhã, então aproveite cada dia”.

Athena Orchard

Silva

For the good life is out there somewhere
So stay on my arm, you little charmer
But I know my luck too well
Yes, I know my luck too well
And I'll probably never see you again
I'll probably never see you again

"The Smiths"

29 de set de 2014

Aquela quinta-feira

Cá estou jogado a cama as 3 da manhã. Lembrando dos inconvenientes. o que faz mais sentido? viver no sub do mundo ou abandonar-te pois infelizmente é o que resta, no fim das contas, meu trem de combustível infinito acaba aqui, é a hora de parar entender o meu arcano, é puro sacrifício agir assim, o amor é cruel não permite outros nem sempre todos são como a mim, de coração de celas onde prendo tudo e todos do jeito que eu quero. 
Quero que vire pó pois meu desejo toda noite é seu corpo, no desejo da calada noite o pó o vento a luz da lua entrando no nosso momento  intimo ascendendo assim o nada, o vazio, de mais uma lembrança ou apenas mais uma mentira.
O amor mata o amor, esse sentimento arrogante e egoísta, detesto amar tanto, viver tanto, vivemos pouco junto, tempo na base de meses e horas dividimos momentos felizes e tristes.
Meus olhos agora se fecham, eu pareço mais distante fisicamente, mas guardei na caneta, nos dedos e nada mais que no espirito, e mais uma vez meu corpo chama o teu como se fosse uma parte que falta e que por fim realmente faltará. E assim os olhos se fecharam!

25 de set de 2014

Então me diga agora

Me mata não saber isto, mas eu já fiz de tudo, menos esquecer a cor dos olhos dela e as suas cicatrizes e como as conseguiu. Quando os sinais claros de velhice aparecem, uma única lágrima cai pelo vale de um rosto envelhecido que este mundo esqueceu.
Não há reconciliamento que irá me botar no lugar e não há tempo como o presente para beber estes segundos que escoam, mas raramente estas palavras soam como verdade, quando eu constantemente falho com você como paredes que nós não podemos atravessar antes de nós desaparecermos. Então me diga agora, se isto não é amor, então como sairemos dessa? porque eu não sei.
Foi aí que ela me disse "Eu não te odeio, cara eu apenas quero salvar você, enquanto ainda resta alguma coisa para salvar" Foi aí que eu disse a ela "Eu te amo garota" Mas eu não sou as respostas para as perguntas que você ainda tem
Mas o dia continuou como pesos esmagadores pois ele não espera nenhum homem, como memórias de dias que morreram, que nos atordoam como furacões banhados em chamas nós seguramos a espada desenrolando os dedos em suas mãos, pressionamos na carne feito areia.
Agora você entende?

23 de set de 2014

A busca incansável pelo EU

        Consigo ouvir somente neste quieto momento, o silencio interminável e torturante do relógio enquanto há carga. Eu pairando no sofá em plena uma e meia da madrugada, me pergunto para onde estou pendendo nesta corda bamba, neste breu da sala consigo comparar o vazio e o silêncio com meus antigos amores.
        E porque tanto Eu... eu... meu... Sempre como centro das ideias, "eu" sempre como o front, "eu" sempre o das ideias, "eu" sempre do talento, "eu" sempre brilhante, "eu" como o centro, o centro da solidão, o centro da sala escura, o centro do vazio, o sempre abandonado, o "Eu" do egoismo, o sempre old school e retro, eu sempre sem graça, eu só como o nada. Assim restaura o equilíbrio nem sempre no eu, nem sempre em mim e quase sempre como você, como qualquer um.
         Realmente somos egoístas e insatisfeitos, e para acalmar e equilibrar temos o amor, onde tudo se iguala ao nada e onde pouco se iguala com muito, onde és tão pequeno e onde É nosso mundo.



9 de set de 2014

Fevereiro

Hoje eu sonhei com teu beijo
Com aquele longo beijo no ônibus
Sonhei com o fim daquela noite de sábado
Sim, com o fim daquele dia em que você me acordou
dominou meu coração, mas...
Eu vi, eu tive, eu fui...


30 de ago de 2014

As always...

despised me at the wrong time,
was so kiss me and love me again
lying on my bed, 
but still my heart is open to you! as always...

26 de ago de 2014

Egoísmo

Não aceite o perdão daqueles que você humilhou,
Esqueça do que viveu em mares de amor,
Calaste a boca daqueles que não acreditaram,
Viva e não deixe ninguém viver.

21 de ago de 2014

Música da semana - Como Se Fosse a Primeira Vez



Como Se Fosse a Primeira Vez

Paulo Ricardo


Desde que te conheci
Naquelas tardes vendo o sol se pôr
Que eu procuro descobrir
Novas maneiras de cantar o amor

Sempre tantas emoções
Uma aventura que não tem mais fim
Que eu celebro nas canções
Que eu fiz e que você fez pra mim

Te falei de todos os detalhes 
Do meu ciúme da minha paixão
Minhas viagens pelos sete mares
Começo de um namoro no portão

Te falei dos beijos no cinema
Foi só por isso que eu corri demais
Com a cabeça cheia de problemas
Além do horizonte encontro a paz

A mesma paz que o seu sorriso
Me traz na hora de dormir 
É tudo aquilo que eu preciso
E eu já não posso mais fugir

Te falei dos traumas, almas gêmeas
Na hora de se despedir
Falei de sexo, macho e fêmea
E eu não vou me repetir

E não vou dizer mais nada
Feche os olhos e me beije outra vez
Minha amiga amante amada
O amor faz suas próprias leis
Nos amamos como se fosse a primeira vez

20 de ago de 2014

E Eu Simplesmente Fugi, Porém Permaneço Aqui

Pergunto-me quando foi que meu romantismo morreu e quando passei a primeira vez por cima dos meus princípios, talvez tenha sido quando menti pela primeira vez, ou quando omiti pelos milhares, nas mentiras já não sabia quem eu era de verdade.

E assim fui perdendo encanto, a voz, a escrita, passei a viver por ela, passei a me enganar, passei a humilhar, e comecei a me esquecer de mim o real eu, criando assim mesmo que bem aos poucos uma nova imagem, uma emparelhada miragem uma copia do mal com aperfeiçoamentos. Uma alma penada enganadora e mentirosa, pretensiosa e arrogante.

A queda sempre e muito grande, o erro um belo dia se torna a solução, a programação do meu ser se superou, de destruindo e me destruindo de uma forma, nessa época o corpo dominava a mente, perdi vontade perdi carinho, não sabia mais ser carinhoso.

Passou pouco tempo e aprendi a ter tudo de volta o carinho o calor, o amor e tudo isso para alguém que em tão pouco tempo tentaria me derrubar, rejeitando assim meu desajeitado modo de rearmar, era como uma broca na fina folha de gesso, tudo dizia para embrutecer ser aquele androide arrogante de novo, em tão pouco tempo acumulei tanto pra dar, tanto amor tanto carinho, não jogaria isso fora para um mundo de mentiras e amores de uma noite regada a sexo apenas e uma cama e uma vida vazia no fim das contas.


E assim permanece tudo aqui, insisto solenemente nesse amor o ultimo que restou. Sim! Aquele amor o qual guardei e escondi do vendaval, não tenho mais o que sentir, não tem que dividir sentimentos, sim, tudo é solene a esse amor, o novo, o ultimo, amor o que guardei só para nós dois o que no qual insisto ofegantemente, e que há de se tornar o maior de todos.

Era simples...

Acordar cedo depois de dormir muito tarde.
-vamos lá, levanta dai amor, tenho que ir já são 10!
- ah deixa eu dormir mais um pouco.
Como aquela vez que eu olhei a garota tocando violão...
Aquela vez de tantas vezes onde não percebia o mal que fazia,
Sou agora uma sombra medonha de palavras vazias.
Antes as palavras que o peito seco e vazio ao pó.



15 de ago de 2014

Os De alma bem pequena


Hoje acordei tarde, não esta um dia muto bom, não estou tao feliz, comecei a assistir algo qualquer na TV sobres os motores novos da Porsche, e meu pai de folga me dizendo bom dia, não respondi, era 1 hora da tarde, me olhei no espelho e vi algo assombroso, o resultado de todas as batalhas épicas o cansaço de tudo, de tanto lutar por algum amor, por algum espaço. Assim se repetiu a onda de desamor, assim como uma sombra a minha imagem se voltava a mim alguns anos antes, e vários lados sombrios reapareceram, o vazio da lua, a solidez de 900 dias, a chama do amor verdadeiro que queimou em trevas, e teve também a ilusão do amor falso, ainda apesar existia uma luz, meu deus, bem acessa no fim das contas. Algo mudou assim como a água virou vinho o que antes era a treva agora se tornou a fênix ao lado de uma rara luz, o terá em breve mais uma de amor, ou mais um fim? Sempre vejo também um mendigo carente esmolando por paixão, esmolando por amor, sempre um ponte para outro, e me disseram "As respostas para as suas maiores questões, estão enterradas dentro de Você". E nesse vai e vem os dias são todos iguais, a vida e toda igual, eu nunca pensei dessa forma e isso me tortura porque o mundo me cobra ser igual, e veja só, não tenho quem amar, me falta dinheiro, que diabos e isso?
a Sociedade vai moldar seu status, a religião vai tentar te empurrar os pecados definindo assim para onde você vai no fim das contas, e insiste em dizer sem provas de onde viemos. Diferente do mundo apesar de tudo no espelho ainda vejo também o meu olhar de criança ele ainda não se ofuscou.
Sou eu mesmo no fim das contas, mas se dizer que sou o mesmo estarei mentindo. Venha logo, já esperamos demais

14 de ago de 2014

Diário de um Presidiário Livre

acho que vou falar das mal comidas, arrogantes e amarguradas com a vida...

O Capitão

e a vida cada dia nos ensina coisas novas, imaginem um senhor de 70 anos o que não deve saber, e assim avistei o capitão, o nosso senhor de barbas brancas bem baixinhas andando com seu sapato branco que aparentava não ser limpo há tempos, com seu relógio de ouro, sua calça e aquela bolsa e a sacola que a nação nos cobra a cada dia mais e mais.
E assim me tornei Soldado das suas armas, armas da vida, que assim como ele desejo entender.

Ambíguo?

E quem vai me resgatar? Quando eu estou aqui agora, e vivo em um negro coberto por sombrios antigos corações, mas você pode jogar agora com meu sonho, e estou ficando louco, me lembro dos discos das danças, e eu tento mas esta difícil e em minha falta fica tao difícil, em sua falta pior ainda mas estou aqui cade você, e o tempo passa rápido eu tento mudar o jogo.
 Pois eu posso criar, estou perdido quem ajudara esse espectro que procura uma família nesse desafio, entretanto essa miséria fica cada vez mais difícil, em minha falta piora, tento sempre me seguir mas me sinto perdido, venha me seguir enquanto a neve cai, me pegue agora, não deixemos acabar o jogo dessa vez, não e comigo eu tento me ver livre e acreditar que posso viver nesse mundo, comigo e você linda mente, a linda que mente procurando chegar em um lugar fácil. Tento e parece difícil, em minha falta onde estou perdendo tempo com quem não me quer seguir. Venha me salvar eu permaneço aqui exatamente onde parei agora!

13 de ago de 2014

O Entendimento

Por que sera que após tudo não me embruteci, não esfriei o espirito e nem o coração? Voltei com mais amor e intensidade, isso dado a pessoas que não corresponderam ao tal sentimento, por vez ainda acredito que recipientes pequenos sempre transbordam ao excesso. Por onde andei é uma pergunta realmente muito difícil, agora onde estou? Não estou mais perdido sendo isso que acha, Segundo o destino está tudo dando certo, o tempo passava e eu escondia essa vontade de você.
Agora sei onde exatamente quero chegar, onde preciso estar, passei pelo inferno e quase morri afogado, não e hora para mentiras meu bem, só podemos nos entregar de forma correta e honrosa, não as escondidas com direito a depressão nas linhas de amizade. Algo incomum aconteceu como se o traco que nos separava houvesse ficado intenso para agora se tornar inexistente o que nos separa agora? O frio ou o calor?
Alias algo nos separa apos tanto tempo, desencontros e reencontros, amor e decepção, mentiras e a mais pura verdade? Por que não limpar a sujeira e recomeçar de cabeça erguida com bastante pundonor para os dois.

11 de ago de 2014

O Tempo e a Felicidade


Estava em meu quarto escuro, sonhando acordado enquanto jogava meu vídeo-game emulado dos anos 90 no desktop, e discutia sobre felicidade em uma outra janela. Percebi que a felicidade não existe, sim ela não existe, então passei a acreditar em momentos de felicidade. As brechas nesta falta de momentos felizes que causa destruição, traição, perda de lealdade e infidelidade e outras coisas que arruínam o bem estar de muitos.
Lembrei me que estava jogando e não estava em um momento feliz, eu não estava sorrindo e nem animado, me lembrei de quando tinha Cinco anos de idade em um flash de memória, quando eu era um molequinho e ficava jogando esses jogos com meu pai, a gente até chegava a brigar… percebi que o tempo levou isso de mim, cada vez mais meu pai não tinha tempo pra mim, por que eu era a sua responsabilidade e ele tinha que estar sempre trabalhando, e eu ia crescendo e sempre na escola. O tempo passou hoje tenho Vinte anos e agora jogo sozinho meu pai envelheceu um pouco e a cabeça mudou, raramente agente joga uma partida juntos.
Outra coisa que se foi, a minha primeira namorada, a primeira que realmente contou como alguém na minha vida a dona Matos, eu embruteci com uma pessoa que amava demais, eram momentos de muita felicidade, mas quando estes mesmos acabavam eu só pensava em ir embora conhecer outro alguém, na minha cabeça era a melhor forma, a forma mais egoísta, eu era sim feliz pois os momentos de felicidade eram intensos, não constantes, mas intensos demais, fui embora e percebi que não era tao feliz assim sozinho, deixei na tristeza quem me amava, dei infelicidade como moeda de troca para os momentos bons, dei frieza para pagar os momentos de amor, mesmo assim fui embora, tentei voltar atrás, mas cristais não se colam.
Não contente em ficar só fui arrumar um outro alguém, porem fui intense demais e não retribuído, os momentos de felicidades eram raros que o amor na realidade nunca apareceu, porem aconteceu, tudo sem alma e eu insistia, eu lutei ate onde deu, ate onde consegui, mas como fui embora friamente uma vez, desta vez se despediram friamente de mim…
O que é a felicidade para você? O que foi a felicidade para você, você tem tido momentos de felicidade? E por que não...
Porque não tentar de novo, procurar novos momentos de felicidade...

8 de ago de 2014

Novamente...

Não quero parir, mas terei que lhe deixar meu bem, me entreguei demais e lhe dei todas as fichas nesse jogo insano chamado amor, por fim mesmo assim perdi, quando será que terá continuidade. Sou desses bestas que acredita que tudo tem continuação, acho que por isso sempre consigo sofrer um pouquinho mais, enfim sempre serei assim, to aqui de passagem.

2 de ago de 2014

Desconhecido

Ela procurava o príncipe. 
Ele procurava a próxima. 

Ela olhou pros olhos dele.
Ele olhou para bunda dela. 

Ela queria O.
Ele queria UMA. 

Ela queria com amor.
Ele queria facil. 

Ela achava que ele era o cara certo.
Ele achava que ela era boa. 


Ele descobriu que ela era ÚNICA . 
Mas foi tarde* demais, 
Ela descobriu que ele era só MAIS UM. 

30 de jul de 2014

As companhias do Mundo Restrito

O que procuramos a noite em mentes vazias, em bocas vazias... a azia da alma, a falta de companhia, a procura em beijos secos sem sentidos, em abraços apertadamente sufocantes, em incompetência de contato de espirito. Nada nesse mundo sacia essa saudade essa solidão.
Aqueles momentos em que nos sentimos completos por instantes mas, e só pensar na pessoa que já esteve do nosso lado, sim você tem alguém sim que sente falta, não importa quem esteja do seu lado ainda resta um vazio... a saudade não e uma felicidade morta, é caminhar de certa forma sozinho, porém não completamente vazio.


28 de jul de 2014

Entorpecido

Se não é vontade da sua presença o que sera então essa saudade?


24 de jul de 2014

Musica da Semana Telefone - Tim Maia



Eu bem que te avisei, pra não levar a sério
O nosso caso de amor, eu sempre fui sincero e você sabe muito bem
Eu bem que te avisei pra não levar a sério
O nosso caso de amor, eu sempre fui sincero e você sabe muito bem
Eu não te prometi nada 
Não venha me cobrar por esse amor
Pois esse sentimento eu não tenho pra te dar

Sinto muito em te dizer, vê se tenta esquecer
Os momentos que passamos que juntinhos nos amamos
Leve um beijo e adeus...

14 de jul de 2014

A vez de Ícaro

Ícaro morava no céu há tempos, viva sempre la no alto com suas asas, sempre voava a noite e de dia voltava a Creta, a noite tinha visão para a linda lua que um dia já havia o encantado por noites a fio.
Um dia ícaro Conheceu o Sol, se perdendo no céu e esquecendo as horas, o sol o chamava de tao lindo e bonito com sua luz, ainda no céu com suas asas artificiais ele se aproximara mais e mais do sol, por sua vez o calor como um estalo derreteu a cera e a queda de Ícaro do céu foi longa e dolorida, então ele se encontrou perdido no mar, onde não sabia nadar nem boiar, o mar começa a afoga-lo.
Ícaro assim aprende a nadar, onde chega na costa com o que sobrou de suas asas, se vendo tao iludido e arrependido, ícaro começa então a consertar as suas asas para voltar para o céu, prometendo não se iludir mais com o sol para nunca mais cair nesse mar assassino e frio.



11 de jul de 2014

Sabe

Sabe nega... Estes tempos estão sendo estranhos sem você, uma lembrança a cada gesto, frase e lugar, sempre meus sorrisos se vai às lembranças...
Por falar em lembranças, as mesmas que me consomem cada vez mais, nos pequenos detalhes nos mais simples, deixam claro mais e mais a sua perfeição e como eu era ausente e infiel, tudo o que você tinha e um pouco mais você investiu no nosso amor, o que me sobra hoje um sorriso atravessado de mulheres estranhas tentando ter da minha pessoa o amor que tinha oculto dentro de mim reservado a você.
É difícil começar a pensar em um fim por isso o meu silencio, minha agonia que não podia te contar, era estranho estar enfiando uma faca no amor que tentava esconder, você me ensinou o que era amor, e eu te ensinei como a pior espécie de homem age, não gosto de pensar naquela historia triste de que tudo acaba sempre... Sempre acaba!


Palavras perdidas

Na minha cama se fez perdida
Na minha vida se fez tudo
Na minha ausência foi infeliz 
Na minha falta se fez igual

Na tua cama nunca cheguei
Na tua vida me infiltrei 
Na tua ausência quase fui forte
Na tua falta me fiz perdido 

Em nossa cama seria a continuação 
Em nossa vida seriamos, apenas
Em nossa ausência nada restava
Em separação estaríamos perdidos

Ganhei

Remorso, arrependimento, tristeza, insegurança, porquês, culpa, peso, está queimando, desejo alma, sonho, lembranças e até inseguranças.


6 de jul de 2014

Hoje Sonhei que Realmente Amava

Porque existe esperança em meu sub consciente, ainda não aceito tudo que fiz. Um mar de rosas não apagaria o aroma do esgoto que criei em nos dois, sera que eu sei amar? Sera que realmente me amaras.
Também me lembro dessa noite em que mesmo no frio estávamos sentindo calor, seus bracos faziam parte novamente de mim, mas outra mentira da minha mente.
Arrependimentos, tristeza, e o que andamos colhendo, um por bem outro por mal, temos que continuar a nossa historia. quanto tempo se passou desde a ultima?
E esse silencio em mim, um silencio estranho... Eu que sempre gostei de falar e gritar, o que é amar? Escuto você, chamar meu nome com seu coração sempre que estou em casa, e ai me sinto estranho por achar que não estou onde deveria, eu queria estar ai.

Erros


Se você abre uma porta, você pode ou não entrar em uma nova sala. Você pode não entrar e ficar observando a vida. Mas se você vence a dúvida, o temor, e entra, dá um grande passo: nesta sala vive-se ! Mas, também, tem um preço... São inúmeras outras portas que você descobre. Às vezes curte-se mil e uma. O grande segredo é saber quando e qual porta deve ser aberta. A vida não é rigorosa, ela propicia erros e acertos. Os erros podem ser transformados em acertos quando com eles se aprende. Não existe a segurança do acerto eterno. A vida é generosa, a cada sala que se vive, descobre-se tantas outras portas. E a vida enriquece quem se arrisca a abrir novas portas. Ela privilegia quem descobre seus segredos e generosamente oferece afortunadas portas. Mas a vida também pode ser dura e severa. Se você não ultrapassar a porta, terá sempre a mesma porta pela frente. É a repetição perante a criação, é a monotonia monocromática perante a multiplicidade das cores, é a estagnação da vida... Para a vida, as portas não são obstáculos, mas diferentes passagens!

20 de jun de 2014

Do mano Sem mano

Já faz tanto tempo, Quase me perdi
Mas nesse momento, Quero me redimir
Tive no relento, Coisas aprendi

Fui, mas eu lamento, E hoje volto aqui
Casa de pássaro é vento, Passarinho eu voei
Asa de gente é quem manda, eu voltei

Onde está a gente, Que ainda não vi
Chame minha gente, Pra perto de mim

Para um grande abraço, Pra dançar, sorrir
Para desfazer o engano Que eu cometi


Danilo. M

Sobre a dor

Nunca senti isso, mas sabia que ainda não era homem para agente acontecer, e se tiver que acontecer sera quando estiver completamente pronto para você, para nunca mais te fazer chorar, nunca me arrepender e sim te fazer feliz como planejávamos. Tive que fazer a escolha mais difícil se não você iria me odiar, espero que entenda, mas o amor continua no mesmo lugar.

12 de jun de 2014

Feliz dia Dos Namorados


É nega, me lembro de tudo mesmo, mas vou tentar o possível para lembrar mais e mais e sempre.
Lembra quando eu cheguei com o papelzinho em meados de 2011 pra você perguntando o que faria na saída?
Lembra quando você tentou tirar casquinha de mim quando te abracei em frente à escola?
Lembra também quando eu atravessava a sala inteira só pra falar com você e deixava todos no vácuo?
Lembra quando lhe chamei pra sair e você me negou, e ai depois de um tempo você mudou de idéia e perguntou se o convite tava de pé?

11 de jun de 2014

Ignorar?

Nunca ignore uma pessoa que ama, se preocupa e tem saudades de você, porque talvez um dia você poderá acordar e perceber que perdeu a lua enquanto contava as estrelas.

30 de mai de 2014

Sick

Now that I'm alone, sim estou só, engraçado quando agente entra pela porta de trás da vida dos outros, e sai pela da frente. por que você saiu pela minha?
Vejo um futuro tão borrado mas ainda existe uma luz, mesmo que seja a da sua sombra na minha cama até as 4 da manhã, ou ficar em um parque até tarde. Só vejo em meu coração uma entonação tão avermelhada de vermelho batom, acho q meu romantismo voltou, mas tenho que deixar vocês irem para minha sanidade e respeito.

29 de mai de 2014

Espelho espelho meu

Em uma tarde onde o sol batia através da janela do ônibus em meu rosto calado, me lembro quando a vida era mais simples. Agora depois de mais velho agente fica com medo da morte e muitos nem sabem o que esperar, saudades das brincadeiras, hoje todo mundo é inimigo, não podemos confiar em ninguém, vivemos nos defendendo, por que?
 De repente, me olhei no Espelho e me vi caindo não sei o que sinto por mim não sei se me desesperei, quando me vi caindo não era mais eu, não sei se vou levantar, e parado do outro lado vendo meu reflexo cair sem saber ao menos o que ele mesmo podia estar sentindo. Dor, Angustia, Amor, Arrependimento o que me fez cair e morrer? Nem eu mesmo sei.

Desintegração

Oh eu sinto falta do beijo da traição
O beijo dolorido antes de eu alimentar
O mau cheiro de um amor por carne mais jovem
E o som que faz
Quando corta fundo
O levantar de joelhos dobrados
O vício da duplicidade
Pouco a pouco começa a necessidade
De apenas deixar pra lá
Meu pedaço partido

Mas eu nunca disse que ficaria até o fim
Então eu deixo você com bebês e esperando por repetição
Gritando assim na esperança do sigilo
Me gritando mais e mais e mais
Eu deixo você com fotografias
Fotos de trapaça
Manchas no tapete e
Manchas no cenário
Canções sobre felicidade murmurada em sonhos
Quando nós dois sabemos
Como o fim seria...

Então tudo volta para destruir tudo de novo
Destruíndo como eu fosse feito de vidro de novo
Consertando todo nas minhas costas novamente
Segurando meu fôlego pelomedo de dormir de novo
Sustentando-o sobre minha cabeça de novo
Corte profundamente para o coração de um osso novamente
Rodando, rodando, rodando
Está se separando de novo
Outra vez

Agora que sei que estou em pedaços
Eu vou retirar meu coração
E eu vou alimenta-lo para qualquer um
Chorando por simpatia
Crocodilos choram pelo amor da multidão
E os 3 ânimos de todo mundo
Escoa pelo céu
Através do vidro do céu
Através da céu da sua boca
Através da boca do seu olho
Através do olho da agulha
É mais fácil para mim ficar mais perto do céu
Que me sentir inteiro de novo

24 de mai de 2014

Sabe esse abismo...

Me lembro de quando eu era igualzinho a você...
quando achava que a solidão era algo de extrema importância... que nada é apenas uma fase depois você começa a entender a vida e percebe que é tudo fase, por saber que você é uma versão minha sei até onde você aguenta, não que esteja te testando pois eu odeio surpresas mas não gosto de prever, calma.
Eu me acomodei e me perdi, como posso te encontrar se estou perdido, mas estou quase lá...

O Caminhão

Em um ser que andava recebendo na cabeça uma garoa fina em pleno sábado de manhã, pensava em se decidir logo quando um enorme caminhão cheio de barro nas rodas o ultrapassa rapidamente lhe sujando todo de barro, mas ainda com isso ele sentiu o perfume de alguém, logo abriu um sorriso e entendeu aonde realmente pertencia, e pensou que logo estaria perto do que desejava.

20 de mai de 2014

Me perdi?

Aonde parei que não me encontro mais? Será que me diferenciei de mim mesmo em... sei lá quando mesmo que fiquei diferente de mim mesmo sei que foi em 2011 mas em que ponto? Parece algo como uma curva ou uma subida, ou uma queda.
Já não estudo mais, não escrevo como antes, nem ao menos me comporto como deveria, como um trem descarrilado ainda andando sobre o chão arenoso, e o que implica é a velocidade, vejo tudo e todos a me passar, me sinto velho, e em um cubo de onde não posso sair. Não como aqueles cubos escuros e coisa e tal, não, algo como uma caixa iluminada com uma janela e udo personalizado ao meu gosto.
Quem amo? O que é amar alguém? Não Consigo fazer escolhas, acho que arrancaram meu chip Xeno, ou meu chip Matrix, ando esse tempo todo bloqueado então.
Dizem que busco a musica perfeita, o sucesso, todas as mulheres que quero, mas o que realmente busco nada mais é que a paz em espirito, poder voltar ao normal, estar com alguém que eu tenha um relacionamento normal, ser focado em algo fixo, pois nunca sei o que quero e nem onde chegar...
E também não sei onde quis chegar com isso tudo, a você, meus pêsames por esse texto mais ou menos... alias eu desculpo você por terem uma vida normal. Até o mais breve possível.
E você que me quer, vem logo por que não posso esperar tanto.

19 de mai de 2014

A Gente Nem Ficou


A gente nem ficou
Mesmo assim eu não tiro você da cabeça
O pouco que durou
Nosso encontro me faz duvidar
Que um dia eu te esqueça

Sei que pra nós dois o romance é
Coisa delicada demais
Não dá pra esquecer o que vivemos
Antes um com o outro

Bem melhor a gente deixar rolar
Se entregar
Ver o fogo que apagou
Queimar de novo

E aí quando vem me ver
Tô aqui esperando você
E nem dormi a noite já passou
Não consigo mais me dominar
Você me enfeitiçou
E a gente nem ficou

Olha o que me causou

E a gente nem ficou

E a gente nem ficou
Mesmo assim eu não tiro você da cabeça
E o pouco que durou
Nosso encontro me faz duvidar
Que um dia eu te esqueça

Sei que pra nós dois o romance é
Coisa delicada demais
Não dá pra esquecer o que vivemos
Antes um com o outro

Bem melhor a gente deixar rolar
Se entregar
Ver o fogo que apagou
Queimar de novo

E aí quando vem me ver
Tô aqui esperando você
E nem dormi a noite já passou

Não consigo mais me dominar
Você me enfeitiçou

E aí quando vem me ver
Tô aqui esperando você
E nem dormi a noite já passou
Não consigo mais me dominar
Você me enfeitiçou

E a gente nem ficou
E olha o que me causou

17 de mai de 2014

Sayonara Bye Bye


Adeus Adeus Adeus


O vento silencioso e cortante sopra bondosamente
Sobre o coração que deveria desistir (do amor)
E o pôr-do-sol de sempre envolve e separa as mãos
Que se encontraram e se apertaram.É engraçado, não é? Meu sorriso e o seu
Não se parecem nem um pouco,
Mas agora, sinto-me como se estivesse me olhando no espelho.

Eu não vou ficar triste, eu não me importo
Neste cumprimento distraído se esconde um "Obrigado?
Adeus, byebye, passe bem!
Fui eu quem começou a briga, por favor aceite!!!

Até agora há pouco, eu não falava sério sobre o futuro
quanto mais a quantidade de pensamentos inúteis aumentava, Cada vez eu ia ficando mais bondoso,
Mas só agora, quis ficar um pouco mais bravo...

Eu não vou ficar triste, eu já estou indo
Achando que era apenas um cumprimento tolo, Eu olho para trás.
Adeus, byebye, passe bem
Eu vou aceitar, se forem dois cartões-postais em um ano...

Certamente algum dia, algum dia lhe encontrarei
Tudo bem, não precisa devolver, Nem o CD nem o "Blues Harp"

Eu não vou ficar triste, não fique triste
Não mostre nenhuma cara de susto, fique feliz!
Adeus, byebye, passe bem
Gostaria que nos encontrássemos Quando for uma hora de dizer ?parabéns?

Eu não vou ficar triste, eu não me importo
Neste cumprimento distraído se esconde um "Obrigado?
Adeus, byebye, passe bem!
Fui eu quem começou a briga, por favor aceite!!!

Adeus, byebye, passe bem
Eu vou aceitar, se forem dois cartões-postais em um ano...

Adeus, byebye, passe bem!
Fui eu quem começou a briga, por favor aceite!!!

16 de mai de 2014

Confissões, Um Outro Caminho...

Comecei desde pequeno a querer ser o herói vingador, me lembro quando assassinaram meu amigo, tinha apenas uns 7 anos de idade, queria de toda forma ser policial para achar quem o matou, e o deixou daquela forma, três tiros no peito estirado na rua de cima na beira de um escadão, fiquei indignado, pois dez minutos antes ele havia brincado de bola comigo e me cumprimentado, o choro da sua esposa ainda soa em minha cabeça naquelas noites mais cinzas de lembranças tristes, não fazia a ideia que o mundo dos adultos era tão difícil de se entender.

Cresci vendo coisas e pessoas serem arrancadas de mim, porem nunca reclamei... Sempre quis ser o herói resgatador de alguma coisa, cresci e isso ainda não mudou, e percebi que nunca vai mudar, sempre estarei lá para correr atras de algo perdido.

Em relação ao amor nunca fui tão distante dessa lógica, era olhar para uma garota e se apaixonar, para sair dizendo que ela era minha namorada. Sinto muita saudade desse tempo em que nunca havia nem beijado ao menos uma garota e ela era minha namorada mesmo que ela não concordasse. já cheguei a ter onze namoradas nessa época, mas enfim todo ano era uma paixão nova de preferência uma que seguiria um ano letivo inteiro na minha presença, outro ponto bom nessa época era a falta de malicia e ciumes, ah como sinto saudades da minha mente inocente.

Todo ano um novo "amor" sou sempre fui e sempre serei um amante incorrigível, a me espelhar nos meus últimos tempos, está tudo inclinando, decisões são mais difíceis, tudo é mais difícil é uma merda... Recentemente conheci uma pessoa brilhante, extremamente brilhante, eu já sou muito complicado e suas complicações também não são poucas, ela realmente meche comigo, mas tenho que fazer escolhas realmente muito difíceis, me disseram que eu era brilhante, já fui chamado de gênio e coisa e tal e gosto de parecer idiota de vez em quando. E falando em parecer idiota toda vez ela me faz ou parecer ou me sentir como um sempre me faltou alguma coisa, estou começando a achar que falta ela, mas tenho um pouco de medo do amor dela, gosto de coisas duradouras, olha que ainda tenho meu Nintendo 64 e meu Super Nintendo, mas meu coração está dividido demais, talvez meu medo me impeça de a ter como minha. Não quero aquelas asas de ilusão, subir alto e depois cair...

Medo, nunca senti medo de amar, porém desta vez sim, o que me traz essa insegurança? Duvida cruel, quero te ter realmente, me lembro daquela vez em que agente conversou a noite toda, sua vida me interessa, estar contigo naquele momentos difíceis que não são poucos, ou posso continuar te desconhecendo e lhe usando como inspiração, as escolhas do mundo não pertencem todas a mim, ate quando?, até logo?, até não te ver nunca mais? ou Te Amo meu amor!?


13 de mai de 2014

Em Nós

Na minha cama se fez perdida
Na minha Vida se fez tudo
Na minha ausência foi infeliz
Na minha falta se fez igual
Na tua cama nunca cheguei
Na tua vida penetrei
Na tua ausência quase fui forte
Na tua falta me fiz perdido
Em nossa cama seria a continuação
Em nossa vida seriamos, apenas
Em nossa ausência nada sobejara
Em separação estaríamos perdidos


12 de mai de 2014

Aos Olhos de Criança

Não quero mais essa monótona melancolia, disso já tenho demais, quero ver o mundo com os olhos de criança novamente. Sim, aquele olhar que em tudo é simples, voltar a ser simples falar coisas simples sentir coisas simples, deixar palavras difíceis para lá, pessoas difíceis para lá, tudo já é muito complicado, em uma dessas agente fica louco, então vou pisar no freio e amar como uma criança, porém jamais encarar o amor com infantilidade, tudo simples e sincero, pois essa escravidão eterna do mundo complexo por nós mesmos me deixou muito cansado.
Beijo Me liga!

8 de mai de 2014

Busca Vazia

Procuro em passos curtos na noite a sombra de alguém. E buscando algo em passos sombrios e distantes, me pego as vezes perdido nestes sentidos desviados da rua onde não levam a lugar nenhum, ouço um choro soluçado de uma jovem... isso ecoa muito mais, é tão triste essa musica, a vida parece tão dormente e sem graça, sexo é algo tão sem sentido, abraços já são secos e com sabor de nada, tudo tão frio e ando com os passos curtos aonde meus pés se cansam e me pergunto frequentemente... O que procuro a noite em bocas vazias e em corpos vazios que nunca me dirão nada de mais?.

7 de mai de 2014

Una Storia

No azul parei nas lembranças dos lençóis,
No rosa pasmo me lembrei da infância,
Dois pontos importantes na vida de um homem.

Deveras

Ando tão cansado, tão cansado mesmo,
te toda a forma, de toda a forma de pessoas
de tantos amores de tantos desamores,
de toda a forma conjunta de toda desunião,
de tanta vontade e até mesmo da falta de vontade,
de querer ser tudo e não ser nada,
de querer, ansiar, desejar e obter,
de não querer de forma alguma mas tendo a vontade de ter,
de querer falar sempre tudo e por fim não dizer nada,
de mim mesmo e até quando não sou eu mesmo,
de ser ou não ser...
digo tudo, não digo nada...
sempre fui assim aos que não me entendem,
sempre serei assim à aqueles que apenas fingem,
e sempre serei inteiro e completo á aquele que me entende por um segundo apenas,
pois esse sim merece meu descanso,
esse ser curioso que consegue me parar por uns instantes...
Que descanse também!

28 de abr de 2014

Tanto

Tanta coisa para dizer...
Algo não posso dizer,
Outras me engasgo e assim fico calado
O que é mais complicado?
Fazer certo ou continuar sempre o errado
A verdade é que nunca esqueci o nosso plano
E Sigo ele sozinho mesmo que o sofrimento nos abane
Sempre terá um final feliz ou triste,
Mas quanto a escolha...
Apenas Sorria.


23 de abr de 2014

Música do Mês - Ben Howard - Oats In The Water


Aveia Na Água

Siga o seu caminho
Eu vou tomar o caminho mais longo de volta
Eu vou encontrar meu próprio caminho para baixo
Como eu deveria

E segure o seu olhar fixo.
Há cocaína no toque de midas
Uma piada de uma forma que nos enferruja.
E respire novamente

E você vai encontrar a perda
E você vai temer o que você encontrou
Quando o tempo chega
Destruindo

Haverá aveia na água
Haverá pássaros no chão
Haverá coisas que você nunca perguntou a ela
Oh, como eles choram para você agora

Siga o seu caminho
Eu vou tomar o caminho mais longo de volta
Eu vou encontrar o meu próprio caminho para baixo
Como eu deveria

E segure o seu olhar fixo
Há cocaína no toque de midas
Uma piada de uma forma que nos enferruja.
E respire novamente

E você encontrará a perda
E você vai temer o que você encontrou
Quando o tempo chega
Derrubando

Haverá aveia na água
Haverá pássaros no chão
Haverá coisas que você nunca perguntou a ela
Oh, como eles choram para você agor
a

Dream

O Sonho está vindo, mas para meu amor é real.
Por favor se salve.

11 de abr de 2014

Sem Mil

Existem aqueles dias de merda aonde nada vai bem, e ainda para dar potência a putalização dos momentos, nada na vida vai bem. O real nível do problema se demonstra quando agente não acredita mais no amor, mesmo por saber muito bem o que é paixão, estava pensando hoje que talvez nunca tenha amado de verdade, a paixão é mais forte, mais intensa.
Quem poderá dizer que estou errado? Eu não sei o que é amar. Existe também a definição do amor de mãe, aquele sim dá para acreditar... Ou não. Sabe estas mães desnaturalizadas, pobres almas que abandonam seus filhos, agente acredita muito no amor de mãe, e quem não tem esse amor para acreditar? Cada vez mais a humanidade caminha para a falta de amor, falta de esperança, agente nem tem amor, porém e entretanto temos a paixão.
Paixão aquela que derruba grandes homens e fazem mulheres parecer qualquer uma. Paixão é mau, é dor é sangrar sem feridas, dizem também que paixão é parte do amor, olhe só eu que nem sei o que é esse tal de amor, e se paixão faz tudo isso imagine só o que esse “amor” faz.
Sou movido a paixão, cem por cento, acho que o amor me acomodaria, eu não iria conseguir escrever (lembrando que nunca amei), não deixe de amar nunca, e olha se apaixonem sempre que puderem e muitas vezes mais, por que a vida é curta...
Beijos fui!

10 de abr de 2014

A Luna

Aluna que não seria se não fosse a luna
Luna minha, perdida entre sorrisos
Aluna perdida em matéria...
Minha luna que mal sabes que teu sorriso brilhou
E brilha...
Aluna que teu olhar me encheu de cores
E enche...
Saudade tua Luna, minha Aluna.


4 de abr de 2014

Na minha

Na minha Cama se fez Perdida
                 Na minha Vida se fez Tudo
                                  Na minha  Ausência foi Infeliz
                                                    Na minha Falta se fez Igual

Sempre Amei Falar

"Não se cale, por favor" Antes de começar deixe-me limpar a minha mesa, essa bagunça atrapalha meu ar. minha lapiseira de escrita rachou, a aliança quebrou, acho que em outro plano alguém quer me dizer algo, isso não vem ao caso.
fico triste quando tudo sai do controle, ninguém ousa se aproximar, os "oi" são ditos de longe e tão cinza e sem sal com um ar de obrigação e ai tudo forma um peso a mais em sua cabeça, com todo o cansaço e de corações partido, ainda tem mais essa.
 Entreguei-lhe um fragmento do meu coração e ainda sim fiz as escolhas erradas, pobre de nós dois se amando tanto e sofrendo tanto, por que isso? Tenho certeza que é culpa da minha incapacidade de deixar, você me admira tanto e lhe causo tanto mal, me admirei tanto com agente, algo que nunca senti, algo puro fogo e carinho.
Quando decido falar que você é quem me faz sentir, me faz acreditar em mim mesmo, me faz um bem, antigos amores que me desculpem.
Agente começou sob circunstâncias erradas aos olhos dos outros, mas como digo sempre, foda-se os outros, quando o coração quer não existe nada errado nisso eu tenho muito pra se desculpar, talvez você nunca me perdoe.
Quando me calar, Preocupe-se...

28 de mar de 2014

Míticos

                 A Felicidade de minha estrela
Ao se Deparar com uma irmã
                 As duas Carregadas de luz
           Ainda Que por dentro cheias de caos.