3 de abr de 2012

Aqui Jás


e estou aqui, sem ver o dia passar
e as crianças brincar na rua, 
nem sei se está sol ou se chove, mas 
o barulho da agua caindo dos canos
e batendo no chão me responde, logo menos
um barulho de trovão acorda os sentimentos
e percebo que ainda estou angustiado,
e chateado, nada está bom nesses dias dificeis
e para ajudar, você inerte olhando lijeiramente
a luz pela janela, e não pode fazer nada
tem a liberdade, porém está preso em você. 
Quando você mesmo se torna a sua solidão 
e sua salvação do coração, as coisas ficam dificeis,
e por ai é desperdiçado tempo!
e fico achando que todos me esqueceram 
quando meu celular toca e tem uma mensagem 
de uma velha amiga que lhe diz que nunca te esqueceu.
As vezes parece que não somos importantes para ninguem
E quando menos esperamos aparece alguem que se importa
e nunca lhe esquece!






Rodrigo Rodrigues         27/03/2012  16:50